Como utilizar seu cartão de crédito sem perder o controle?

A cada dia que passa, mais e mais pessoas tem acesso aos cartões de crédito. Infelizmente a educação financeira da população não evolui na mesma velocidade que este mercado, e o que no começo parece ser o sonho de poder comprar o que quiser (parcelado em 1000x) e de poder utilizar as milhas para viajar pra praia, acaba se tornando um pesadelo de parcelas sem fim que corroem todo o seu salário no mês a mês, com juros absurdos quando não se paga o valor integral da fatura.
O cenário descrito acima é mais comum que imaginamos, independente da classe social. Por mais estranho que possa parecer, muitas pessoas que ganham relativamente bem estão com a vida toda enrolada por não saber utilizar o cartão de crédito.


Herói ou vilão?


O cartão é um excelente aliado na acumulação de patrimônio, pois assim você consegue postergar um pagamento, remunerando o seu dinheiro até a data de vencimento do cartão, ou seja, você coloca os juros a seu favor.

Na teoria, a frase acima é perfeita, e é utilizada pela grande maioria das pessoas que justificam suas "parcelinhas" mensais. O maior problema é que estas pessoas, quando passam seu cartão não tem o dinheiro para comprar aquele bem, eles simplesmente inserem o cartão, digitam a senha, cruzam os dedos, e quando aparece "Compra Aprovada" no visor,vibram por dentro e pensam: "Deus é top!" e partiu próxima compra.
Tenho certeza que você se lembra da sua professora falando que zero vezes qualquer número é zero. Então as pessoas que utilizam o cartão com a desculpa de que estão remunerando seu capital, mas que na verdade não possuem nenhum capital para ser remunerado estão ganhando ZERO de juros.

Devemos comprar no crédito sempre que não tivermos nenhum benefício no pagamento a vista, e sim, devemos parcelar as compras no maior prazo possível. Porém, só devemos fazer isso se JÁ TIVERMOS o dinheiro que será gasto.

O primeiro passo e o MAIS IMPORTANTE para a utilização inteligente do cartão de crédito é gastar apenas o que você possui.
Agora que já demos o primeiro passo rumo ao crédito inteligente aqui vai o segundo passoConverse com seu gerente e descubra as opções de investimentos sem risco de seu banco para valores pequenos e com liquidez diária (resgate no mesmo dia), existem fundos de investimento de renda fixa e CDBs em que a aplicação e movimentação mínima é de R$ 50,00 a R$ 100,00. Mas aí você deve estar pensando, por quê ele está me falando de fundos de investimento se tem a poupança ali, disponível para aplicações de qualquer valor e com a mesma comodidade? O problema da poupança é que ela remunera o seu dinheiro apenas no aniversário, ou seja, se apliquei o dinheiro e o resgatei antes dos 30 dias, não ganhei nada. Já os fundos de investimento de renda fixa e CDBs remuneram seu dinheiro diariamente. Deve-se buscar essas características pois na maioria das vezes o tempo entre a compra e o pagamento do cartão é menor que o mês necessário para o aniversário de sua poupança.
No terceiro passo é limitar qual o valor mínimo que será passado no crédito. Se a aplicação financeira possui uma movimentação mínima de R$ 50,00, todas as compras acima deste valor serão passadas no crédito e todas as outras abaixo dos R$ 50,00 serão pagas no débito, isso evita que você perca o controle da sua estratégia.
Por último, sendo o quarto passo é fazer a aplicação do valor gasto no cartão de crédito toda vez que o utilizar, assim o dinheiro sairá de sua conta-corrente, e dessa forma você saberá exatamente quanto ainda possui de dinheiro realmente para gastar e estará colocando seu dinheiro para trabalhar por você.
Seguindo esses quatro passos, a chance de você se descontrolar financeiramente por culpa do cartão de crédito é bem pequena, e de quebra aproveitará os benefícios do programa de fidelidade. Vamos por em prática?

DICAS:

Assim que começar a utilizar esta estratégia, não divida as compras no máximo de vezes possível, inicie devagar, passando as compras em apenas uma vez inicialmente e a medida que for se acostumando, vá aumentando o número de parcelas para que não perca o controle.
É importante ressaltar que nestes produtos, o resgate em menos de 30 dias após a data da aplicação resulta na incidência de IOF sobre o rendimento, mas mesmo assim seu dinheiro estará trabalhando para você, mesmo que bem pouco, você não perderá o controle de seus gastos e poderá aproveitar os benefícios do cartão de crédito.